Para muitas pessoas, mexer com plantas ou jardim pode ser um pouco mais complicado. Isso acontece por falta de hábito, tempo e necessidade de uma certa delicadeza. Mas isso não deve ser um problema. Com algumas dicas básicas e as ferramentas de jardinagem certas, todos podem ter um jardim maravilhoso.

As ferramentas de jardinagem tornam o trabalho mais fácil e agradável. Isso facilita o manuseio e aumenta a motivação do jardineiro em realizar um excelente trabalho.

Pensando nessa comodidade, separamos dicas importantes sobre a escolha de materiais de jardinagem e os cuidados que devemos tomar com eles.

Como escolher ferramentas de jardinagem?

Antes de escolher suas ferramentas de jardinagem, você precisa ter em mente qual é o tipo de local, ambiente e tamanho de jardim que pretende trabalhar.

  • Para pequenos ambientes o ideal é sempre ter pás, tesoura de poda, escardilho ou garfo pequeno e regador ou borrifador. Você pode ainda utilizar alicates de jardinagem, dependendo do tipo de planta que for manusear, e é sempre indicado o uso de luvas.  
  • Para os ambientes externos ou grandes jardins, além das ferramentas já citadas, você pode precisar de instrumentos de grande porte. Pode ser necessário ainda adquirir enxadas, pás e garfos de cabo longo, como rastelo, carrinho de mão, mangueiras, aspersores e cortador de grama.

Identificada sua necessidade e já com suas ferramentas de jardinagem próprias para cada local, é preciso tomar cuidados fundamentais para que essas ferramentas durem.

Leia mais: Loja de jardinagem: 5 motivos para escolher a ABC Garden

3 Cuidados essenciais com suas ferramentas de jardinagem

1. Manuseio

É preciso ter muita atenção quando falamos sobre o manuseio de suas ferramentas de jardinagem, principalmente ao lidar com objetos cortantes.

O ideal é sempre utilizar luvas, para proteger as mãos. Quando trabalhamos com tesouras, por exemplo, o ideal é manusear com calma e atenção. Evite trabalhar com pressa, tire um dia sem compromisso, isso ajudará a fazer o trabalho com mais cuidado.

A proteção de uma joelheira também pode ser uma boa dica para jardins grandes. Isso irá proteger de se machucar com objetos, sementes ou galhos que possam estar na terra.

Para objetos grandes, as proteções citadas ajudam a trabalhar com mais segurança. Se houver crianças por perto, o ideal é não as deixar utilizar essas ferramentas. Oriente sobre os perigos e indique quais os utensílios que não irão gerar riscos para que ela participe da montagem do jardim.

2. Limpeza

A limpeza das ferramentas de jardinagem é um dos processos mais importantes, por isso deve ser realizado de forma correta.

Para utensílios cortantes, o ideal é limpar com frequência. O processo de jardinagem pode demorar dias ou semanas, até mesmo vir a ser recorrente, por isso é importante a limpeza de tempos em tempos.

Quando verificar que está na hora de uma limpeza, molhe um pano com um pouco de diluente para tinta e limpe bem. Também é necessário afiar as lâminas sempre que preciso.

Com objetos de mãos como pás, garfos e outros, o ideal é sempre deixar de molho na água e sabão, processo muito simples. Após deixar um tempo de molho, retire o excesso da sujeira com um escovão, se possível de arame, e deixe secar no sol. Outra dica é sempre verificar se os cabos não estão lascados ou trincados.

As ferramentas de jardinagem de grande porte também precisam de limpeza. Assim como os de mão, é preciso lavar com água e sabão e esfregar com escova ou esfregão, a indicação é que também seja de arame. Afie as máquinas sempre que necessário. Ainda é possível aplicar produtos que ajudam a evitar o enferrujamento. Se preferir, você pode procurar locais especializados para realizar a manutenção de seus aparelhos.

Leia mais: 16 produtos para jardinagem e paisagismo que você precisa ter

3. Armazenamento

Em termos de armazenamento, é preciso prestar atenção, principalmente com mangueiras. Não as pendure em pregos ou cabides, isso evita perfurações. Opte por enrolar e deixá-las no chão.

As ferramentas de jardinagem precisam ser armazenadas em locais secos, de preferência penduradas em paredes, mas podem também ser agrupadas em caixas ou cestos.

O período que, em geral, menos utilizamos os materiais de jardinagem é o inverno, por isso é preciso estar atento sobre sua manutenção. Não os abandone no quarto de bagunça ou na garagem. Verifique sempre se estão limpos, lubrificados, para que quando for necessária sua utilização, esteja em perfeitas condições.

Sabendo dessas dicas básicas, você pode adquirir suas ferramentas de jardinagem tranquilamente e cuidar do seu jardim de forma correta e mais prazerosa.